domingo, 9 de setembro de 2012

Mágico de Oz vira novo filme da Disney!






















Entre os lançamentos em live-action, a Disney prepara a estreia em 2013 de “Oz – Mágico e Poderoso” (Oz – The Great and Powerful) para o clássico “O Mágico de Oz”.

No papel do mágico Oscar Diggs temos James Franco que é subitamente levado de Kansas para a esplendorosa Terra de Oz. É lá que ele conhece três bruxinhas que irão tornar sua vida um pesadelo, tentando revelar que ele não é um mágico verdadeiro como diz. As bruxas Theodora, interpretada pela bela Mila Kunis, Evanora (Rachel Weisz) e a famosa Glinda (Michelle Williams).

Através do seu ilusionismo e seus truques baratos, Oscar precisa descobrir quem é bom e quem é mal, antes que seja tarde demais, já que a Terra de Oz e seus habitantes dependem disso para enfrentam seus problemas. E é assim que Oscar se transforma no todo poderoso Mágico de Oz!

Do diretor da trilogia do Homem-Aranha, Sam Raimi e dos produtores de Alice no País das Maravilhas, a estreia está programada para 8 de Março de 2013.

Assista na sequência ao trailer e veja algumas das imagens fresquinhas liberadas pela Disney hoje.

Animação de obras arquitetônicas em vários pontos de vista, todas geradas por computação gráfica

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Cassiopéia: A primeira animação mundial com imagens totalmente geradas por computador!












Cassiopéia foi a primeira produção de um longa-metragem em todo o mundo de origem virtual, ou seja, 100% modelado, animado e com imagens geradas totalmente por computador. O filme foi o primeiro trabalho puramente computacional, sem escaneamento exterior de imagens ou vetorização de modelos reais ou misturas com outras técnicas. Este filme de 80 minutos inaugurou uma nova fase no cinema, pois foi o primeiro filme a estabelecer métodos, conceitos, sistemas, formas e linguagem dentro desta nova tecnologia, e despertou para o mundo a possibilidade de execução de um produto desta natureza. Isto torna o Brasil um país pioneiro do cinema virtual! A produção de Cassiopéia foi dirigida pelo animador Clóvis Vieira e contou com uma equipe de 3 diretores de animação e 11 animadores, trabalhando em 17 microcomputadores 486 DX2-66, era tudo muito lento. O primeiro modelo de personagem foi feito em um 386 SX de 20Mhz. O software utilizado foi o Topas Animator produzido pela Crystal Graphics. A produção de Cassiopéia demorou quatro anos, começou em janeiro de 1992 com o modelamento dos ambientes e dos personagens, e com a criação da história e do roteiro. A partir de janeiro de 1993 foi iniciado o processo de animação. O trabalho de geração de imagens terminou em agosto de 1995. A trilha sonora foi completada em dezembro de 1995. A primeira cópia ficou pronta em janeiro de 1996. Cassiopéia custou apenas US$ 1,5 milhão. Outro grande desafio da produção foi encaixar o filme na programação das redes de cinema no Brasil. O filme só foi exibido na época das olimpíadas de Los Angeles, quando a frequência de espectadores era menor. Cassiopéia X Toy Story: A polemica foi lançada quando a Disney ficou sabendo que Cassiopéia estava sendo produzido no Brasil (estava com 40 minutos prontos), investiram US$ 50 milhões para sair na frente. Lançaram uma forte campanha de marketing, dizendo que Toy Story (EUA, 1995) era o primeiro filme totalmente criado em computador. Isso não era verdade, a Disney usou modelos em argila para criação antes do computador, Cassiopéia não, houve um cuidado especial na produção, em não importar qualquer tipo de informação externa para dentro do computador, pois isto tiraria a primazia de ser o primeiro trabalho do mundo em longa-metragem totalmente produzido através de computador. Esta é a principal diferença entre os dois filmes, assim, Cassiopéia é considerado o primeiro do gênero no mundo inteiro, representa um marco na animação computadorizada e na cinematografia brasileira e mundial, visto que desenvolveu conceitos próprios neste tipo de produção. Cassiopéia é portanto, o PRIMEIRO LONGA-METRAGEM PURAMENTE VIRTUAL DO MUNDO.

domingo, 2 de setembro de 2012

Zoetrópio da Pixar! Explicação sobre animação e o zoetrópio!

Este é um zoetrópio, um dispositivo que usa imagens estáticas ou esculturas para criar a ilusão de movimento. Quando o zoetrópio está em movimento, você não vê nada, apenas um borrão, mas quando uma luz especialmente programada brilha sobre ele(chamada luz estroboscópica), o olho é "enganado" vendo movimento, e as imagens ganham vida. Isto é como os filmes funcionam tão bem, a propósito, é assim que eles combinam milhares de imagens para criar a ilusão de movimento.
A Pixar fez um zoetrópio, e no seu estilo habitual: é fantástico. O diretor de Up, da Pixar, explica como funciona a animação, e introduz o incrível zootrópio da Pixar,  repleto de personagens:

Zoetrópio em homenagem a Tim Burton!










 

O designer de bolo Alexandre Dubosc criou este magnífico(e delicioso!)bolo com o tema de zoetrópio, em homenagem ao cineasta Tim Burton, assim como o vídeo explicativo de como ele funciona. Apreciem!

sábado, 28 de abril de 2012

Animação divertida da Pixar: A banda de um homem só!

Animação divertida: Knick Knack da Pixar!

Presto, o mágico!

O Oásis de Oscar - uma animação divertida!

Uma divertida animação: O Oásis de Oscar

Uma animação muito divertida: o oásis de Oscar

sábado, 21 de abril de 2012

Como fazer animação através do Photoshop

Livro com a técnica de animação de grade - Scanimation!

Livro com a técnica de animação de grade - Scanimation!

Livro com a técnica de animação de grade - Scanimation!

FUTURO MÁGICO: Animação de grade!



A agência Dentsu de Londres tem um trabalho incrível sob o “lema” make the future magic, ou seja, colaborativo, envolvendo o processo manual, inovador, divertindo e surpreendente.
Dois projetos deles me chamaram a atenção. Um deles é a colaboração com a revistaWallpaper visando mostrar que a mídia impressa ainda pode surpreender. O outro é o light painting com o iPad, com uma técnica “simples” (ênfase nas aspas), e com um resultado muito interessante.
Com a Wallpaper, eles usaram uma técnica antiga com um efeito similar ao do zootropo (uma máquina que possui imagens e sequência dentro e parecem se mexer quando o corpo é girado)  do lenticular, que é uma lente que permite ver uma imagem em vários ângulos, dando um efeito 3D e de movimento. Vejam o vídeo pra entender, que é fantástico.